Fundado o Instituto de Registro Imobiliário do Rio Grande do Sul

Registradores gaúchos definem em assembleia estatuto e diretoria da nova entidade que terá como missão gerir e efetivar o registro imobiliário eletrônico no RS

 

Confira o álbum completo do evento, clique aqui. 

Porto Alegre (RS) – Registradores imobiliários gaúchos reuniram-se na última sexta-feira (24.11), na sede do Colégio Registral do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre (RS), para constituir a mais nova entidade representativa do segmento extrajudicial gaúcho: o Instituto de Registro Imobiliário do Rio Grande do Sul (IRIRGS), que abarcará os 220 cartórios de registro de imóveis do Estado.

Coordenada pelo agora ex-presidente do Colégio Registral do Rio Grande do Sul, Paulo Ricardo de Ávila, a Assembleia de fundação da mais nova entidade gaúcha contou com a presença de cerca de 30 registradores, que debateram item a item todos os pontos do estatuto que regerá o Instituto Imobiliário do Estado. Entre os pontos definidos estão a contribuição associativa, procedimentos de associação e desligamento, alterações estatutárias, assembleia e composição diretiva.

“Carecíamos de um Instituto estadual que representasse exclusivamente os registradores de imóveis do Rio Grande do Sul, uma vez que todas as demais especialidades já possuíam suas entidades específicas”, explicou Paulo Ricardo de Ávila, “E esta constituição se faz ainda mais necessária uma vez que estamos em vias de ver a normatização do Operador Nacional do Registro (ONR), que disciplinará o registro imobiliário eletrônico cada Estado da Federação, e que será operado pelas entidades estaduais”, explicou.

“Creio que nem se tratou de uma opção dos registradores imobiliários do Rio Grande do Sul, mas sim de uma necessidade atual, uma vez que teremos a constituição de um Operador Nacional que disciplinará o novo modelo de registro eletrônico e que se relacionará diretamente com as entidades estaduais de Registro Imobiliário, por isso a criação do Instituto no Rio Grande do Sul”, explicou o registrador Mario Mezzari.

Responsável pela constituição do estatuto inicial do Instituto de Registro Imobiliário do Rio Grande do Sul, a registradora pública de Casca, Denize Alban Scheibler, destacou a importância de uma representatividade própria para a classe em razão dos desafios do registro eletrônico. “Caberá a esta nova entidade representar as demandas específicas do Registro Imobiliário, uma vez que estamos prestes a implantar a CRI, que promoverá o registro imobiliário eletrônico aqui no Rio Grande do Sul”, destacou.

Eleito por aclamação, caberá ao registrador de Bom Retiro do Sul, Cláudio Nunes Grecco, presidir a primeira gestão da mais nova entidade extrajudicial gaúcha. “É um desafio, mas temos claro que precisamos trabalhar para que seja editado o mais breve possível o Provimento que cria a CRI, para que os registradores imobiliários possam se interligar e consequentemente atender o usuário de uma forma mais célere e eficaz, uma vez que todos os registros estarão mapeados e serão localizáveis nesta Central”, disse.

A proposta de instituição da Central de Registro Imobiliário (CRI) no Estado do Rio Grande do Sul,apresentada pelo então presidente do Colégio Registral do RS, Paulo Ricardo de Ávila, encontra-se atualmente em análise pelo Poder Judiciário do Estado, que até o momento não se manifestou oficialmente, situação que fará com que o presidente recém-eleito do Colégio Registral, João Pedro Lamana Paiva, busque nova interlocução com a Corte.

“A criação deste Instituto era vital para a atividade aqui no Rio Grande do Sul, uma vez que existia esta carência de uma entidade específica que buscasse os interesses dos registradores imobiliários e, juntos, Colégio Registral e Instituto de Registro, buscaremos uma aproximação com o Tribunal para que tenhamos efetivada a nossa tão sonhada central imobiliária, que tão bem fará aos órgãos públicos e aos cidadãos do RS”, finalizou o presidente.

Veja abaixo a Diretoria eleita para o Instituto de Registro Imobiliário do RS

Diretoria Executiva

Presidente: Claudio Nunes Grecco

Vice-Presidente: Denize Alban Scheibler

1º Tesoureiro: Paulo Ricardo de Ávila

2º Tesoureiro: Julio Cesar Weschenfelder

Secretário: Erik Esswein Müller

Conselho Fiscal

João Pedro Lamana Paiva

Mario Pazutti Mezzari

Sergio Messerschmidt

Fonte: Assessoria de Imprensa

Fechar Menu